Blog Clube Candeias - O maior clube de férias do mundo!

Os principais pratos típicos do Nordeste

Saborosos e diferenciados: confira os pratos típicos da região Nordeste que você precisa provar!  …

Por Marketing

24/05/2021 16:00 | 5 minutos de leitura

Saborosos e diferenciados: confira os pratos típicos da região Nordeste que você precisa provar!

 

Um dos lugares mais lindos que se pode conhecer é o Nordeste brasileiro. Gente acolhedora e calorosa, que recebe turistas como se fossem da família. Além das paisagens lindas, com praias e dunas maravilhosas, essa região se destaca também pela riqueza gastronômica.

Nossa gastronomia é cheia de influências indígenas, africanas e portuguesas. São pratos dos mais variados tipos e sabores, feitos para agradar todo o tipo de pessoa, desde os mais conservadores, até aqueles que gostam de sabores mais marcantes e diferenciados. Se você é adepto ao turismo gastronômico, vai adorar a nossa lista de principais pratos típicos da região Nordeste! Veja mais:

Acarajé

Vindo diretamente da África Ocidental, o prato típico do estado da Bahia ganhou os corações dos brasileiros. Trata-se de um bolinho de feijão-fradinho frito no azeite de dendê, costuma ser recheado de vatapá, caruru (que você conhecerá a seguir), camarão seco e outras iguarias.

Pelos largos de Salvador é possível se deparar com as famosas baianas com suas saias rodadas, turbantes e colares, empenhadas no preparo de acarajés. Do saber culinário às vestimentas, tal tradição é tão forte que desde 2005 as Baianas de Acarajé são consideradas Patrimônio Cultural Imaterial do Brasil pelo Iphan.

acaraje-gastronomia-culinaria-nordeste-clube-candeias

Caruru

O caruru é outro prato vindo do continente africano. Diz-se também que os indígenas brasileiros preparavam uma receita semelhante à africana. A verdade é que ao longo do tempo o caruru passou por algumas adaptações e se tornou um prato muito típico da culinária nordestina, sobretudo baiana.

Este prato é basicamente um cozido de quiabo com castanha, amendoim, camarão e outros ingredientes. Desempenha um ótimo papel de acompanhamento, como no recheio do acarajé ou com peixes. Além disso, é perfeito para os amantes de iguarias bem temperadas!

caruru-gastronomia-culinaria-nordeste-clube-candeias

Vatapá

Feito à base de pão amolecido ou farinha de mandioca, também de origem africana, o vatapá é uma delícia. São acrescentados vários ingredientes como camarão, caju, azeite de dendê, pimenta malagueta, coco e gengibre, além de outros opcionais, que serão misturados,  formando uma espécie de purê.

O vatapá, assim como o caruru, pode incrementar o recheio do acarajé. A iguaria também pode ser servida como prato principal, acompanhada de arroz. Também pode acompanhar pratos principais, como moqueca.

vatapa-gastronomia-culinaria-nordeste-clube-candeias

Baião de dois

Esse prato típico da culinária brasileira tem origem no Ceará. Se espalhou por todo o Brasil pela sua combinação perfeita: o arroz e o feijão! A origem do baião de dois é muito simples e prática: conta-se que, por conta da escassez de comida, o desperdício deveria passar longe, assim, as famílias preparavam suas refeições com as sobras do dia anterior.

O prato é bastante simples, arroz e feijão são preparados juntos, e o sabor dessa combinação é incrível, principalmente quando acompanhado de mais ingredientes, como queijo coalho e carne seca. É perfeito para aquele dia almoço com a família!

baiao-de-dois-gastronomia-culinaria-nordeste-clube-candeias

Tapioca

A tapioca é um prato originalmente indígena feito à base de farinha de mandioca. Se tornou popular no Nordeste devido às heranças indígenas da região. Ela é basicamente uma panqueca à moda nordestina! Sua massa fininha pode ser degustada sozinha ou recheada com vários ingredientes como carne, frango, queijo, ou mesmo se tornar uma iguaria doce com chocolate ou leite condensado.

tapioca-gastronomia-culinaria-nordeste-clube-candeias

Cuscuz

Todo mundo já ouviu falar desse prato. Sua origem vem dos povos berberes, do Norte da África. O cuscuz chegou por aqui durante a colonização portuguesa. Obviamente, ele foi adaptado, ganhando, assim, o seu jeitinho brasileiro.

Sua preparação pode ser feita de milho, trigo, arroz, cevada e sorgo. Mas o cuscuz em questão, o nordestino, é feito à base de milho e pode acompanhar ovos, manteiga e carne de sol. Simples de fazer, é uma ótima pedida para o café da manhã. Pode ser consumido doce ou salgado, tudo depende da criatividade de quem prepara. Além de ser um ótimo carboidrato, você pode encaixar esse prato na dieta sem medo nenhum.

cuscuz-nordestino-gastronomia-culinaria-nordeste-clube-candeias

Bolo de rolo

Agora um representante dos doces, típico de Pernambuco, inspirado nos famosíssimos rocamboles, mas com uma pitada do gosto do povo brasileiro. A origem do bolo de rolo é portuguesa, sendo uma alternativa ao bolo típico do país chamado “colchão de noiva”. Com a falta de ingredientes específicos, tal receita foi adaptada.

O bolo de rolo é um bolo com massa feita do preparo de farinha de trigo, ovos, açúcar e manteiga. Seu preparo é totalmente manual. O seu recheio leva goiaba, fazendo com que esse doce seja único e saboroso.

bolo-de-rolo-gastronomia-culinaria-nordeste-clube-candeias

Planeje uma viagem ao Nordeste

O Clube Candeias disponibiliza aos associados uma rede integrada com mais de 500 mil opções em hospedagens pelo mundo todo, além de diversas unidades próprias pelo Brasil, como o Candeias Village do Sol, na Praia de Pirangi no Norte, na região metropolitana de Natal (RN). Quer saber como se hospedar nos melhores destinos pelos melhores preços? Saiba mais!

Compartilhe este conteúdo:

Entre no clima da viagem e curta a playlist Candeias Play:
Playlist no Spotify  Playlist no Spotify 

Tags: culinaria, gastronomia, nordeste, pratos-tipicos, regiao-nordeste, turismo-gastronomico, clube-de-ferias


Veja também

Aplicativos para edição rápida de fotos durante a viagem

Aplicativos para edição rápida de fotos durante a viagem

Leia mais
Aplicativo Clube Candeias: saiba como fazer sua reserva

Aplicativo Clube Candeias: saiba como fazer sua reserva

Leia mais
6 dicas para evitar multidões em pontos turísticos

6 dicas para evitar multidões em pontos turísticos

Leia mais